Mendix sabe como resolver a barreira do idioma

Por , 28 de Julho de 2016 a las 19:00
Mendix sabe como resolver a barreira do idioma
digital

Mendix sabe como resolver a barreira do idioma

Por , 28 de Julho de 2016 a las 19:00

Temos que fazer algo sobre isso. Eles estão chegando e tomando nossos postos de trabalho, então acho melhor começar a aprendermos a língua deles.

Estou falando das máquinas, é claro. Ou ‘coisas’, como algumas pessoas menos sensíveis as chamam. A chamada Internet das Coisas (IoT) tem o potencial para todo tipo de genialidades se pudermos simplesmente botar as máquinas para falar umas com as outras. Se todos os sensores começarem a falar com os gestores automatizados, por exemplo, podemos mudar ambiente para os cultivos e prolongar a vida dos medicamentos. Então, conversas de máquina para máquina (M2M) podem aumentar a oferta de alimentos do mundo e ajudar a erradicar a doença. Isso soa como uma boa notícia para todos, exceto pelo menos dois dos quatro Cavaleiros do Apocalipse. Espero que a Fome e a Peste estejam se remexendo desconfortavelmente em suas selas e se sentindo muito nervosos no momento.

Poderia ser maravilhoso o mundo então, se pudéssemos falar com as máquinas e dizer-lhes o que fazer. Mas precisamos nos apressar e aprender esta nova habilidade.

Mendix2

Ainda temos um pouco de tempo, porque, no momento, o progresso das indústrias da IoT e M2M está sendo segurado enquanto resolvem todas as diferenças de standards e protocolos conflitantes entre todas as diferentes máquinas. Sob esse duro exoesqueleto esses autômatos são como nós, você sabe. Nem sempre se leva bem uns com os outros com facilidade.

Para viver a vida mais plena, para que possamos nos manter em dia com qualquer vizinho quando chegar com seu próprio exército de máquinas que trabalham para eles, precisamos aprender a comandar máquinas. Ou codificar, para usar o vernáculo moderno.

Não é fácil aprender qualquer idioma, especialmente os idiomas que as máquinas entendem. No entanto, uma empresa, Mendix, chegou com um artifício inteligente para simplificar o processo. A empresa holandesa inventou um sistema em que tudo se expressa visualmente. Um pouco como os livros ilustrados que os turistas costumavam levar, o que lhes permitia apontar para a imagem das coisas que queriam comprar. Mas, obviamente, muito mais sofisticado.

O sistema de Mendix utiliza modelos visuais como base para a definição de todas as relações entre as diversas máquinas que você pode querer comandar. Uma empresa, AntTail, usou Mendix 7 para criar uma maneira melhor de gerenciar o fornecimento de medicamentos, enquanto viajam do chão de fábrica para a boca do paciente. Os gerentes de negócios da Pfizer queriam eliminar o desperdício no sistema, que era causado por uma variedade de problemas, tais como a falha no armazenamento das drogas na temperatura certa e a falha de pacientes para realmente lembrar-se de tomar seu medicamento prescrito. Os gerentes de negócios, muitas vezes não sabem codificar, mas podem mapear os vários cenários que ocorrem como um lote de medicamentos faz seu caminho através da cadeia de distribuição. Podem representar em fotos e estipulam que, se a temperatura cai abaixo de um certo nível, em qualquer fase, sensores no contentor de medicamento precisam detectar isso e dizer a outro dispositivo para corrigir a situação.

Mendix3

É claro que os gerentes de negócios não sabem os nomes dos sensores, ou os controladores de temperatura que podem esfriar o ambiente. São ainda menos prováveis de serem capazes de lidar com os diferentes tipos de dados ou escrever o código que harmoniza toda essa inteligência e faz as máquinas trabalharem em conjunto para resolver a situação. Esse é o trabalho do desenvolvedor que participa da reunião com eles.

A genialidade do sistema Mendix, no entanto, é que coloca desenvolvedores e gerentes de negócios para falarem entre si. Um desenha as imagens e explica o que eles querem, o outro codifica. Ao simplificar o projeto de um novo sistema, a Mendix encurtou o tempo de desenvolvimento para o ponto onde as pessoas podem realmente estar na mesma sala com outra ao longo da duração do projeto. Mendix afirma que os novos sistemas IoT podem ser criados seis vezes mais rápido agora.

Na verdade, Mendix não nos ensinou a falar a linguagem de máquina – a maioria de nós ainda não pode escrever código Java ou C++ – mas temos uma ponte sobre a barreira da língua. As divisões entre os desenvolvedores e o resto de nós foram quebradas também. Isso é uma conquista incrível.

Texto Anterior

O menor disco rígido até hoje escreve a informação átomo a átomo

O menor disco rígido até hoje escreve a informação átomo a átomo
Próximo Texto

Programar já não é suficiente: o emprego do futuro estará na análise de dados

Programar já não é suficiente: o emprego do futuro estará na análise de dados

Recomendados