Photoscan: o escâner de fotos do Google

Por , 22 de November de 2016 a las 19:00
Photoscan: o escâner de fotos do Google
digital

Photoscan: o escâner de fotos do Google

Por , 22 de November de 2016 a las 19:00

Muita gente guarda uma caixa de sapatos ou biscoitos com fotografias antigas. E se as pudéssemos digitalizar para recuperá-las e imprimir cópias melhoradas? O novo escâner de fotos da Google, Photoscan, permite fazer isso facilmente.

Quase todo mundo tem em casa um velho carretel sem revelar ou fotos antigas em envelopes, plásticos ou caixas de sapatos. O que fazer com todas essas lembranças, com essas imagens que, em muitos casos, estão mal conservadas?

Uma possível solução é digitalizar suas fotos, ou seja, passar do papel para um arquivo digital. Os motivos podem ser diversos: guardar uma cópia de segurança no caso de perder a foto original, poder fazer mais cópias em papel, no caso dessa ser a única disponível, imprimir a foto para um tamanho maior ou em um formato diferente (uma xícara, almofada, camiseta…), recuperar a imagem processando-a digitalmente com ferramentas como Photoshop e similares…

Google lançou recentemente uma ferramenta para dispositivos Android e iOS que funciona como escâner de fotos. Seu nome é Photoscan e, como acontece com outras ferramentas da empresa, faz de uma tarefa, a priori, complicada, fácil.

photoscan2

O propósito de Photoscané digitalizar nossas fotografias de uma maneira rápida e simples, algo a agradecer se temos dezenas de fotos para escanear. O processo é praticamente automático, pois o sistema de reconhecimento de imagens detecta os limites da fotografia e corrige a inclinação e a rotação da imagem.

Outro detalhe interessante do Photoscan, em modo automático, é a combinação de várias cópias da mesma fotografia para evitar reflexos ou amassados.

Anteriormente já vimos aplicativos para digitalizar diversos documentos. No que se diferencia Photoscan?

Como comentava antes, Photoscan é um escâner especializado em fotos. Você faz a instalação em seu telefone ou tablete Android/iOS, abre o app e já pode enfocar qualquer foto (procurando que esteja sobre uma superfície lisa) e captura-la.

 

 

Seu funcionamento é muito curioso e tem um motivo. Primeiro captura a imagem em seu conjunto, colocando-a dentro do quadro indicado por Photoscan. Depois captura cada uma das quatro esquinas a medida que você move o dispositivo sobre a fotografia. Dessa forma, realiza até cinco escaneados em lugar de somente um, o que serve para ficar com a parte da imagem que melhor ficou e que, dessa forma, o resultado seja o mais claro possível, evitando imperfeições ou brilhos.

Como conselhos pessoais, para ajudar o app a conseguir uma boa imagem, recomendo que o fundo sobre o que coloquemos a foto seja de um tom que contraste com o da imagem. Por outro lado, quanto mais reto e menos inclinado enfoquemos, melhor, evitando que a composição se deforme ao capturar a fotografia muito inclinada.

Photoscan é uma ferramenta muito simples. Escaneia e guarda o resultado na galeria de imagens de seu telefone ou tablete. Pronto. Depois você decide o que fazer com ela, se editar em outra ferramenta ou fazer o upload para alguma cloud. Obviamente, Google recomenda seu próprio serviço Google Photos para editar e fazer o upload das fotos escaneadas, mas é de se agradecer que não esteja integrado com Photoscan porque assim você tem liberdade de usar outro serviço, como iCloud em dispositivos Apple, Dropbox, OneDrive ou similares.

Imagem | Pixabay (Autor: Condesign)

Texto Anterior

Um hackathon de soluções que melhoram a sociedade: #JoinHackathon

Um hackathon de soluções que melhoram a sociedade: #JoinHackathon
Próximo Texto

Por que as cópias de segurança são importantes?

Por que as cópias de segurança são importantes?

Recomendados