O tecnoapaixonamento, ou o amor do século XXI

Por , 29 de Maio de 2016 a las 12:00
O tecnoapaixonamento, ou o amor do século XXI
digital

O tecnoapaixonamento, ou o amor do século XXI

Por , 29 de Maio de 2016 a las 12:00

Este ano, a tecnologia será o presente favorito dos namorados para dar neste dia.

Cuidar e ter mil detalhes que façam apaixonarem-se continuamente. São muitos os que desejariam estar ao lado dele ou dela. Lhe deram a oportunidade, lhe abriram a porta de sua vida e agora você é o seu turno de demonstrar que isso valeu a pena. Todos os dias. Apesar da complexidade do ser humano e que às vezes é impossível nos entender. Paciência é a mãe de todas as ciências. Tenha alguma coisa para oferecer, que acrescentar e se mostre disposto(a) a mudar. No fundo, nos conformamos com coisas simples. Porque o amor move tudo e, também, move o dinheiro.

As tendências de presente

Flores, bombons, jóias, bichos de pelúcia ou perfumes. Estas opções riscamos da lista dos possíveis presentes. Se deseja ser um namorad@ dez, o segredo está na moda, no lazer e na tecnologia. Roupas, escapadas românticas e eletrônicos, desde eletrodomésticos passando por gadgets e wearables são os mais indicados na hora de presentear aquelas pessoas a quem demos nossos corações.

A distância, não é um problema

A verdade é que cada vez mais o amor e as tecnologias estão conectados. Nestes últimos anos, muitos casais tiveram que utilizar as tecnologias como consequência da globalização e migração de algum dos membros. Cada vez se torna mais suportável isso de estar distante, pois dispomos de muitos canais de comunicação online: whatsapp, videochamadas, mensagens diretas para nos sentirmos mais próximos um do outro. Se há um porém, no entanto, é que a tecnologia era “um pouco fria”, ao não permitir contato físico. Falo no tempo passado, porque já temos a solução: um bracelete inteligente que une os últimos avanços tecnológicos com a intimidade dos casais. Seu nome é Pillow Talk.

O “romântico” dispositivo é capaz de capturar as batidas de seu coração, ou o de seu companheiro(a), e enviá-los respectivamente sem importar a distância entre vocês.

O modus operandi deste bracelete é muito simples. Os dois membros do casal colocam a pulseira no pulso e colocam o alto-falante debaixo do travesseiro para que possam ouvir as batidas de seus corações que, por sua vez, serão enviadas através do aplicativo de nossos smartphones.

As coisas do coração.

Texto Anterior

Quer melhorar suas fotos do celular? Os 6 melhores apps de retoque

Quer melhorar suas fotos do celular? Os 6 melhores apps de retoque
Próximo Texto

Os segredos das plantas carnívoras, captados pela ciência

Os segredos das plantas carnívoras, captados pela ciência

Recomendados