Por que você abre muitas guias do navegador e como parar isso

Por , 15 de Setembro de 2016 a las 19:00
Por que você abre muitas guias do navegador e como parar isso
digital

Por que você abre muitas guias do navegador e como parar isso

Por , 15 de Setembro de 2016 a las 19:00

Vamos ser sinceros e diretos: este processo é prejudicial não só para seu computador, mas também para seu cérebro. É hora de se recompor e tomar uma atitude.

Você é um acumulador digital? Ou melhor, você é do tipo de pessoa que tem 50 guias do navegador abertas o tempo todo? A barra superior do seu navegador está tão espremida que você memorizou o Favicon de cada site que você é um leitor frequente? Esses pequenos ícones são, basicamente, a única maneira que você pode identificar alguma coisa, enquanto se afoga em um mar de guias de navegador de sua própria criação.

tabsea2

O problema com as guias

Quando você pulan de guia em guia, seu cérebro liberas receptores de dopamina que dão a ilusão de que você está sendo mais produtivo. Seu cérebro, no entanto, não está realmente processando todos estes estímulos. Em vez disso, ele está freneticamente pulando de um ponto de foco para outro, conhecidos como spotlights, tentando desesperadamente acessar um item por vez em sucessão rápida.

tabsea3

Um estudo da Universidade de Sussex usou digitalizações fMRI para estudar os cérebros de pessoas que se envolveram em diferentes graus de multitarefa. O que descobriram foi que quanto mais uma pessoa dispersa sua atenção em diversas tarefas, menos massa cinzenta possui em seu córtex cingulado anterior, a parte do cérebro associada ao processamento cognitivo e emocional.

Em outras palavras, realizar multitarefa está, literalmente, alterando a química do seu cérebro.

Ter várias guias abertas não o está tornando mais produtivo, está realmente apenas deixando você desmiolado, diminuindo assim sua capacidade de lembrar qualquer informação. Sem falar que isso está matando sua memória RAM.

Não faça isso consigo mesmo (nem com seu computador). Aqui está uma lista dos diferentes tipos de acumuladores de guias, e o que fazer em cada caso:

Tipo 1: Falindo o navegador

tabsea4

O comportamento: Deixar que as guias se acumularem até que o navegador morre por conta própria, obrigando-o a declarar falência da guia do navegador e começar tudo de novo.

Enquanto que fechar forçadamente todas as guias pode produzir um fugaz momento de paz interior, também pode ser desastroso se você desejar recuperar essas guias perdidas mais tarde. Além disso, se seu computador está tão sobrecarregado que necessita forçar o encerramento de um aplicativo para ter espaço, então temos um problema!

A solução: Onetab Chrome Extension

Onetab converte todas as guias abertas em uma única página de marcadores. Isso pode reduzir o uso de memória de GBs a meros MBs de espaço, e permite uma fácil leitura quando estiver pronto para usá-los e triagem da guia.

Tipo 2: O Compartimentador Compulsivo

tabsea5

O comportamento: A criação de novas janelas para cada “estilo” de guias: trabalho, pessoal, para ler, etc., em seguida, deixando as guias se acumularem em cada janela até o esquecimento.

A maioria destas guias se perderão em uma acumulação de Favicons, e você esquecerá onde, como ou por que as têm, em primeiro lugar. Classificar vários assuntos em janelas diferentes permite simplesmente empilhá-los de forma sistemática. Mas você ainda está apenas acumulando as guias.

A solução: Flipboard

Flipboard é um aplicativo que imita exatamente este comportamento: apresenta conteúdo selecionado nas categorias de sua escolha, de “Gerenciamento de conteúdo” a “Direitos Humanos”, há uma categoria para qualquer assunto ou interesse. Quando estiver pronto para explorar o conteúdo, está tudo bem classificado em temas específicos em uma página. Isso tira imediatamente pelo menos duas janelas do navegador sobrecarregado.

Tipo 3: O escavador de mídias sociais

tabsea6

O comportamento: Clicar em cada link que você vê em todos seus vários feeds de mídias sociais. Na era do clickbait, esse comportamento só está ficando mais tentador com listinhas com sub cabeçalhos do tipo: “Você não vai acreditar no nº 3!”

A verdade é: você está perdendo mais conteúdo do que “conseguindo”, clicando em cada link. Isso, e o “nº 3” provavelmente não foi nem tão surpreendente como o título indicava.

A solução: Nuzzel

Nuzzel é uma ferramenta bacana que agrega os links postados por pessoas em suas redes sociais em um feed para sua leitura. O conteúdo já foi curado pelas pessoas que você já segue, por isso já está vetado previamente para clickbaits. Além disso, a interface oferece com o título um breve trecho do artigo, fora além do que seus amigos e influencers já disseram sobre ele.

Dica pró do especialista em gestão de tempo Kevan Lee do Buffer: criar uma nova conta do Twitter e só seguir as pessoas que postam sobre um tema específico e vincular essa conta ao Nuzzel. Imediatamente você tem um feed relevante para um interesse ou trabalho em particular. Genal.

O fundo da questão é: nem você, nem seu cérebro, ou seu computador precisam de todas essas guias abertas. Não estão lhe fazendo nenhum bem, e, admita, você não está lendo todas elas de qualquer maneira. A tecnologia criou este problema, mas a tecnologia também pode resolvê-lo. Agora chegar lá e entre em modo monoguia. Sua produtividade agradecerá mais tarde.

Texto Anterior

A corrida espacial marca seu próximo grande objetivo

A corrida espacial marca seu próximo grande objetivo
Próximo Texto

Cybathlon: as primeiras olimpíadas biônicas

Cybathlon: as primeiras olimpíadas biônicas

Recomendados