Os prometedores valores das energias renováveis em 2015

Por , 13 de Junho de 2016 a las 07:00
Os prometedores valores das energias renováveis em 2015
Futuro

Os prometedores valores das energias renováveis em 2015

Por , 13 de Junho de 2016 a las 07:00

As energias renováveis em 2015 deram um salto quantitativo com respeito a anos anteriores e as expectativas nestes momentos só podem ser de crescimento.

Em 2015 as energias renováveis experimentara um crescimento jamais visto até então. Isso é como indica o relatório publicado por REN21, uma organização internacional formada por especialistas em energia, representantes governamentais e ONGs relacionadas com o meio ambiente. A gigantesca quantidade refletida no relatório são os 157 GW de capacidade energética renovável instalada no ano passado.

A maior parte destes 147 GW provém de energia eólica e solar, concretamente estes dois tipos de fontes monopolizam 77% das instalações, enquanto que a hidráulica representa a maior parte da porcentagem restante. A capacidade total instalada equivale praticamente à capacidade energética, no geral, da África nos dias de hoje.

O investimento em energias renováveis em 2015 foi o dobro que a usada em instalações de gás e carvão. Resulta que os custos das instalações caíram, ainda que o mesmo aconteceu com os combustíveis fósseis. Por outro lado, 2015 foi o primeiro ano em que as economias emergentes gastaram mais em renováveis que os países ricos.

relatorioren212

A inversão total alcançou os 286 bilhões de dólares, com a China na dianteira, representando mais de um terço do total. Este valor supõe 5% mais em comparação com 2014 e uma superação do recorde, estabelecido em 2011, de 278,5 bilhões investidos

Para continuar com as comparações, em 2014 as energias renováveis significavam 19,2% do consumo mundial de energia. No entanto, no ano passado, as fontes limpas representaram 23,7% do consumo, de acordo com o que pode ser lido no relatório.

Aqueles que somaram mais capacidade de energia renovável em 2015 são China, seguida pelos Estados Unidos, Japão, Reino Unido e Índia. Encontramos neste ranking um pais que chama a atenção. Trata-se da Índia, que nos últimos anos está apostando com firmeza por políticas que favoreçam a energia limpa, tanto que se situou no mais que louvável “top5”.

No que diz respeito à Europa, o investimento em renováveis baixou 21% em 2015; mas, por outro lado, nestes momentos a energia limpa já representa 44% do total do consumo energético da União Europeia.

Imagens: Greens MPs e Wessex Archaeology

Texto Anterior

Este novo tipo de lentes poderia transformar o setor ótico

Este novo tipo de lentes poderia transformar o setor ótico
Próximo Texto

Salva-vidas ao resgate em pranchas de surfe motorizadas

Salva-vidas ao resgate em pranchas de surfe motorizadas

Recomendados