Portugal funcionou à base de energia renovável durante 4 dias seguidos

Por , 23 de Maio de 2016 a las 19:00
Portugal funcionou à base de energia renovável durante 4 dias seguidos
Futuro

Portugal funcionou à base de energia renovável durante 4 dias seguidos

Por , 23 de Maio de 2016 a las 19:00

Durante quatro dias seguidos Portugal só precisou da energia procedente das renováveis para fazer funcionar o país.

Portugal esteve do 7 a 11 de maio funcionando com eletricidade procedente de fontes renováveis. Trata-se de um marco energético num momento em que os países tentam dispor medidas para reduzir o consumo de combustíveis fósseis ante a preocupação pelo meio ambiente, avivada pela Cúpula do Clima de Paris. Isto não só é um sucesso a nível meio ambiental, também tem relevância até a nível estratégico, pois mostra que o país ibérico poderia ter certa independência energética.

A energia renovável em Portugal alcançou uma cota à que não tinha chegado até agora. E não só isso. Nenhum país europeu tinha conseguido até o momento permanecer tanto tempo sustentando-se a base de energias renováveis.

Em concreto, foram 107 horas que Portugal esteve sem necessitar outro tipo de fontes de energia que não fossem renováveis. Com dados estadísticos da associação ZERO (Associação Sistema Terrestre Sustentável), que fez os cálculos em colaboração com a APREN (Associação Portuguesa de Energias Renováveis).

No comunicado publicado pela ZERO, a organização marca que na primavera as condições são ótimas para o rendimento das energias renováveis. Nos quatro dias que foram do 7 a 11 de maio, Portugal baseou seu funcionamento nas energias solar, eólica e hidráulica. O certo é que a combinação entre o vento que sopra nesta época do ano, as horas de sole e o degelo faz com que se deem as melhores condições para estas três fontes limpas.

4diasrenovável2

Nos últimos meses tem se apreciado na Europa um esforço por expandir o uso das energias renováveis. Ao menos os números indicam esta circunstância. Recentemente na Alemanha, durante um dia o país não precisou de outro tipo de energia que não fosse renovável. Enquanto que na Áustria estão investindo no setor hidráulico e na Escócia, 50% da eletricidade que se consome já é renovável.

Europa não é a única região que está se esforçando no uso das energias renováveis. Diante dos casos ocasionais, como os de Portugal e Alemanha (sem menosprezá-los) no ano passado, Uruguai anunciou umas estadísticas que deixou o mundo boquiaberto. No meio do intenso debate originado na Cúpula do Clima, nosso vizinho do sul proclamou que atualmente obtem 95% da eletricidade que necessita de fontes renováveis. A porcentagem não se referia a uma semana, nem a um mês, simplesmente trata-se de números cotidianos, que têm continuidade no tempo.

Falta muito (esforço, investimento e tempo) para que o exemplo vingue em outros países, mas conjunturas como as que ocorreram em Portugal ou Alemanha são pistas que indicam que se está avançando nesta estrada.

Imagens: Allagash Brewing e Sebastiano Pitruzzello (aka gorillaradio)

Texto Anterior

Como é a inovação no setor da indústria agroalimentária?

Como é a inovação no setor da indústria agroalimentária?
Próximo Texto

Os hábitos de sono no mundo, mapeados graças a um app

Os hábitos de sono no mundo, mapeados graças a um app

Recomendados