Aspectos a considerar antes de comprar um cabo USB-C

Por , 12 de Maio de 2016 a las 15:00
Aspectos a considerar antes de comprar um cabo USB-C
digital

Aspectos a considerar antes de comprar um cabo USB-C

Por , 12 de Maio de 2016 a las 15:00

Diante dos problemas com laptops e smartphones, damos alguns conselhos a ter em conta na hora de comprar um cabo USB-C

Tags:
CONSELHOS, USB

Desde que os conectores se padronizaram nos smartphones com o conector microUSB, a maioria dos usuários vem utilizando cabos de carregador pensando que todos eram da mesma qualidade. Não só não é assim, como os tempos de carga podem variar enormemente de um modelo para o outro; normalmente, quanto maior o preço, melhor a qualidade, ainda que nem sempre é assim. O assunto com os cabos que suportam o conector USB-C também varia muito, mas os problemas potenciais que podem gerar são muito maiores.

Alguns fabricantes foram pouco cuidadosos com o controle de seus cabos com conectores mixtos, que integram em um extremo um conector USB-C e no outro um USB-A (aquele maiorzinho, velho conhecido). Provocaram problemas como deixar laptops inservíveis, por não ter gerenciado bem a energia máxima que podem oferecer através do conecto tradicional. Os cabos de baixa qualidade que não respeitaram as indicações do padrão podem enganar os dispositivos e abusar de suas capacidades energéticas, pelo que é necessário comprar com cautela.

safeUSBC2

A pesar de ser uma marca conhecida, o cabo do conector USB-C da OnePlus não é segura para outros dispositivos

Tendo em conta que por um cabo USB-C podem chegar a passar até 100W, tanto em smartphones como notebooks, o recomendável é seguir os conselhos que oferecemos sobre como escolher um cabo USB-C.

Procurando a certificação

O fator mais recomendável a ter em conta na hora de escolher um cabo USB-C deve ser a certificação. O melhor para isto é olhar no USB Implementers Forum (USB-IF), uma organização sem ânimo de lucro criada pelos desenvolvedores de USB para promover e controlar o bom uso dos standards. Se encontramos cabos com sua certificação (aqui temos uma lista aprovada), perfeito: é uma compra segura, já que para aprovar o uso de um cabo, é necessário que passem testes equivalentes a 3 anos de uso.

Por outro lado, estão trabalhando numa especificação que fará que os dispositivos não aceitem cabos que não sejam adequados, ainda que ainda falta para que alcancem este objetivo. Para tranquilizar-nos, podemos procurar os logos desta tabela, que são os de USB-IF.

safeUSBC3

Com conselhos de especialistas

A pessoa mais preocupada pela qualidade dos cabos com conector USB-C foi Benson Leung, um engenheiro da Google que sofreu as consequências de um cabo de baixa qualidade e decidiu analisá-los e fazer comentários em reviews na Amazon. Por tanto, sua lista é a fonte mais segura para escolher um cabo USB-C que não danifique nossos dispositivos.

Comprovando manualmente

safeUSBC4

Como usuários, podemos fazer duas coisas para comprovar a qualidade dos cabos, fora as certificações e conselhos de compra. O primeiro a ser feito é, se temos um Necus 5X ou um Nexus 6P, instalar o aplicativo CheckR, que analisará o cabo e nos dirá se é ou não adequado. A segunda cois que podemos fazer é prestar atenção no próprio cabo. Se o conector USB-C tiver fendas no metal, não é seguro. Não quer dizer que aqueles que não tenham as fendas sejam seguros mas, pelo menos, é uma forma rápida de eliminar os mais problemáticos.

Imagens: Maurizio Pesce e TechStage (Flickr)

Texto Anterior

Há o perigo de que seu trabalho seja realizado por um robô?

Há o perigo de que seu trabalho seja realizado por um robô?
Próximo Texto

Seus olhos estão sempre grudados no celular? Esta cidade colocou semáforos no chão para você

Seus olhos estão sempre grudados no celular? Esta cidade colocou semáforos no chão para você

Recomendados