Como a Casa Batlló utiliza Snapchat para popularizar o museu

Por , 3 de Maio de 2016 a las 15:00
Como a Casa Batlló utiliza Snapchat para popularizar o museu
digital

Como a Casa Batlló utiliza Snapchat para popularizar o museu

Por , 3 de Maio de 2016 a las 15:00

Um dos referentes modernistas de Barcelona, a Casa Batlló usa Snapchat para difundir suas esquinas. Este é o uso que o pessoal de comunicação dá ao app

Três estudantes da Universidade de Stanford desenvolveram em 2010 um aplicativo desconhecido chamado Snapchat. Hoje em dia, o app se tornou bastante popular entre os jovens, que a usam para enviar ou mostrar fotografias e vídeos de dez segundos, nos que podem incluir emoticones, desenhos ou textos.

Entre um aplicativo de mensagem instantânea e uma rede social para transmitir ao vivo o que está acontecendo, Snapchat é a última revolução celular. Seus números assustam: cada dia tem mais de 10 bilhões de reproduções no app, pelo que, de acordo com os dados, seus usuários passam entre 25 e 30 minutos diários utilizando este aplicativo.

snapchatbatlló2

O crescimento imparável de Snapchat levou um referente turístico como a Casa Batlló a utilizar o app para mostrar os cantos destes museus e aumentar sua popularidade entre os mais jovens. Como Pilar D. M., social media manager da Casa Batlló, explicava no evento Ciencia en Redes, parece que os diferentes snaps chegam a um público adolescente. É importante o “parece” porque, diferentemente de outras redes sociais como Facebook ou Twitter, Snapchat ainda não conta com métricas, pelo que é difícil analisar o sucesso da estratégia de comunicação através deste aplicativo.

As publicações que se realizam em Snapchat desaparecem após 25 horas. Por tanto, o conteúdo publicado através do app é efêmero. E o que faz a Casa Batlló neste aplicativo? Como dizia a responsável, se mostra através do Snapchat a outra cara do museu, mostrando o lugar a seus seguidores e difundindo também conteúdo exclusivo.

snapchatbatlló3

A Casa Batlló não possui exposições, pelo que na hora de realizar a estratégia de comunicação tiveram que idear outras opções. Por isso se concentraram no imediatismo que caracteriza Snapchat, com o objetivo de retransmitir ao vivo e em cores o que ocorria neste canto modernista de Barcelona. A linguagem dos snaps também é totalmente diferente da que se usa em Facebook ou Twitter, já que as mensagens, vídeos e imagens se dirigem a um público muito mais juvenil.

Deste modo, a Casa Batlló comenta em Snapchat o que ocorre em suas dependências, mostra o centro de Barcelona desde uma perspectiva diferente, mostram o que vão organizar proximamente no museu ou faz entrevistas curtas a seus visitantes. O conteúdo publicado também mostra imagens dos diferentes cantos do lugar ou revela dados curiosos. Em resumo, Snapchat também pode servir na comunicação institucional de museus ou entidades como a Casa Batlló, sempre que se adaptem às características e linguagem do próprio aplicativo.

Imagens | Casa Batlló, Casa Batlló II

Texto Anterior

As novas medidas de segurança de WhatsApp

As novas medidas de segurança de WhatsApp
Próximo Texto

Em São Francisco será obrigatório que os edifícios novos integrem painéis solares

Em São Francisco será obrigatório que os edifícios novos integrem painéis solares

Recomendados