Globalrider, a volta ao mundo em 80 dias em uma moto conectada

Por , 29 de Abril de 2016 a las 19:00
Globalrider, a volta ao mundo em 80 dias em uma moto conectada
Iniciativas

Globalrider, a volta ao mundo em 80 dias em uma moto conectada

Por , 29 de Abril de 2016 a las 19:00

Telefônica e Yamaha apresentaram o projeto “GlobalRider”. Uma volta ao mundo em 80 dias na primeira moto conectada e dotada das últimas novidades tecnológicas, com a finalidade de conseguir financiamento para a pesquisa em medicina regenerativa com células tronco.

Globalrider é um projeto onde a Telefônica e Yamaha acompanham a Hugo Scagnetti, que graças a primeira moto conectada da história, percorrerá 37.000 quilômetros retransmitindo conteúdos multimídia. A esta aventura devemos acrescentar o monitoramento do trajeto em tempo real. Uma maneira para que os seguidores possam viver ao vivo a aventura que o piloto enfrentará.

Como nasce Globalrider?

Depois de sofrer uma lesão em ambas as pernas provocada por uma necrose avascular na cabeça femoral, Hugo Scagnetti falou em voz alta e fez uma promessa: “se consigo voltar a caminhar sem muletas, darei a volta ao mundo para arrecadar fundos, para apoiar o trabalho dos centros de pesquisa que trabalham na regeneração de tecidos com células tronco em crianças”.

Durante o tempo de convalescênça, Hugo conheceu uma menina de seis anos com a mesma doença, mas diante da dificuldade para encontrar soluções, decidiu que, quando estivesse recuperado, deveria chamar a atenção e conscientizar as pessoas sobre esta doença.

Depois de meses de luta, obstáculos e um espírito de luta digno de qualquer super-herói que vemos em nossas telas, Hugo consegue voltar a caminhar e o primeiro que faz é subir em uma moto para cumprir a promessa feita 13 meses antes, quando começava o duro processo de reabilitação. Uma aventura que começará no dia 27 de maio na sede madrilenha da Telefônica em Las Tablas, onde o semáforo ficará verde para fazer uma saída digna de Jorge Lorenzo ou Valentino Rossi, pilotos oficiais da Yamaha no campeonato de Moto GP, e cruzar a Europa para chegar a Rússia onde a Yamaha cruzará o oceano para continuar a rota pelos Estados Unidos, de São Francisco até Miami passando pelo Reino Unido antes de cumprir o objetivo de finalizar a rota na Espanha após 80 dias de viagem entre Hugo e as histórias que compartilhará através da conexão da motocicleta.

globalrider2

União entre ação social e inovação tecnológica

Hugo Scagnetti e a motocicleta, a Yamaha Super Ténéré XT 1200Z, estarão conectados e monitorados em tempo real por vários sensores eletrônicos gerenciados pela tecnologia M2M e Internet das Coisas que facilitarão a pesquisa e compreensão do comportamento da máquina e o piloto, ao que devemos acrescentar um acompanhamento médico para evitar qualquer problema de saúde que possa ocorrer durante a travessia e que servirá de teste para futuros produtos de e-Health.

Dentro deste contexto, o próprio piloto produzirá um documentário que será emitido pela Movistar+ que chamará a atenção para o contato com outros povos e culturas através da história, música, experiências pessoais e o uso da tecnologia. De fato, todos os direitos de distribuição do projeto Telefônica Yamaha Globalrider serão destinados à investigação da regeneração de tecidos do Serviço de Hematologia do Hospital Puerta de Hierro e ao Serviço de Traumatologia do Hospital de La Paz de Madri.

Quais são os problemas da necrose avascular?

A necrose avascular da cabeça femoral (AVN), conhecida como osteonecrose, consiste na falta de irrigação na cabeça femoral e normalmente acaba com uma fratura com perda funcional da articulação. A solução para este problema consiste na implantação de uma prótese metálica do quadril, a qual não é apta para crianças por que estão em fase de crescimento.

O piloto, Hugo Scagnetti, tem uma prótese no quadril esquerdo e recebeu um tratamento com células tronco no direito. Por isso quer contribuir ao avanço da investigação que é a esperança de muitos afetados.

Em resumo, Hugo conseguirá unir suas paixões: a aventura, a tecnologia e seu compromisso com a investigação científica e que poderá ser acompanhada no site www.telefonica.yamaha.globalrider.org onde haverá um link para arrecadar fundos para o tratamento da necrose avascular.

Texto Anterior

Geração Z: mais globais, mais digitais e mais realistas

Geração Z: mais globais, mais digitais e mais realistas
Próximo Texto

Extensões de Chrome para aumentar sua produtividade

Extensões de Chrome para aumentar sua produtividade

Recomendados