Conselhos para reduzir a quantidade de dados que você utiliza no seu celular

Por , 20 de Março de 2016 a las 18:00
Conselhos para reduzir a quantidade de dados que você utiliza no seu celular
digital

Conselhos para reduzir a quantidade de dados que você utiliza no seu celular

Por , 20 de Março de 2016 a las 18:00

Não podemos tirar proveito de nosso celular sem conexão à internet. Para fazer isso sem sofrimento, ensinaremos como reduzir a quantidade de dados que você utiliza.

Sabemos que para poder aproveitar todas as vantagens de um smartphone devemos ter acesso à Internet. É algo quase indispensável para usar qualquer aplicativo, inclusive aqueles (como os jogos) que deveriam funcionar quando não estamos conectados. Isto não é um problema quando estamos conectados a uma rede Wi-Fi, no entanto, quando passamos muito tempo usando os dados, as coisas se complicam um pouco.

Os pacotes de dados móveis costumam ser limitados, e se assistimos muito a conteúdos multimídia, até o melhor pacote pode acabar em poucas horas. Para evitar que nossa conta seja muito cara, podemos seguir alguns dos conselhos seguintes.

Verifique como você está usando seus dados

Antes de começar, é importante que você faça uma verificação para saber quantos dados está usando e quais aplicativos são os que mais consomem. Isto é extremamente importante para que tome medidas que realmente tragam uma mudança.

Para verificar isto há várias opções:

  1. Consulte com sua operadora, pois eles provavelmente terão informação sobre como você está utilizando seus dados. No caso da Vivo, você pode instalar Meu Vivo, disponível para iOS, Android e Windows Phone.
  2. Verifique através dos ajustes de seu celular. Se utiliza iOS, vá para ajustes, dados. Lá aparecerá a lista de aplicativos e quantos dados foram usados. Para Android o processo é semelhante: vá até Ajustes e, depois, Uso de dados.
  3. Instale outro aplicativo. Existem muitos aplicativos para controlar a quantidade de dados que são utilizados, mas My Data Manager é um dos mais atrativos e melhores. É grátis e está disponível para iOS e para Android.

reduzirdados2

Medidas gerais

  • Não veja muitos vídeos quando estiver utilizando os dados móveis; é o tipo de conteúdo que consome mais dados.
  • Desative a reprodução automática de conteúdo multimídia nos aplicativos como Facebook e Twitter. E isto vai tanto para vídeos como para GIFs.
  • Nos ajustes do seu celular você poderá criar um alerta para que seja avisado de quantos dados móveis foram gastos este mês, para que não ultrapasse o permitido por seu pacote.
  • Desative a sincronização automática dos aplicativos e as notificações push. Quanto mais se conecta um aplicativo para buscar conteúdo novo, mais dados gasta.
  • Utilize os modos de economia de dados dos navegadores, como Opera e Chrome.
  • Se você utiliza aplicativos de música em streaming, baixe suas listas de reprodução favoritas para escutar quando não tiver Wi-Fi e assim não gastar mais dados.

Desinstale o aplicativo do Facebook

O Facebook é conhecido por gastar muitíssima bateria e, além do mais, consome muitos dados. De fato, ao desinstalá-lo poderá economizar 20% da vida da bateria do Android e até 15% se tiver um iPhone.

O gasto de dados também é constante por que sempre está se atualizando para revisar se você tem algo novo no seu perfil. Se você desativar as notificações, deixarão de aparecer na área de notificações de seu smartphone, mas isso não fará com que Facebook deixe de utilizar os dados móveis para se atualizar.

Você pode visitar o Facebook a partir do navegador, como uma alternativa que gasta menos dados e energia.

Instale Onavo Extend

Onavo Extend, é um aplicativo gratuito que está disponível para iOS e para Android, que faz com que seu pacote de dados tenha um rendimento até cinco vezes mais do que o normal. Para isto, todos os dados que você precise usar serão comprimidos, o que será muito útil, esteja você surfando pela internet no navegador ou jogando. Além do mais, a compactação terá outra vantagem: economizar espaço de armazenamento no dispositivo.

Texto Anterior

Kamibot aproxima a programação às crianças como um brinquedo mais

Kamibot aproxima a programação às crianças como um brinquedo mais
Próximo Texto

Os implantes corporais poderão ser potenciados com nanogeradores biodegradáveis

Os implantes corporais poderão ser potenciados com nanogeradores biodegradáveis

Recomendados