Quantas vidas salvarão os carros autônomos?

Por , 26 de Janeiro de 2016 a las 15:00
Quantas vidas salvarão os carros autônomos?
Futuro

Quantas vidas salvarão os carros autônomos?

Por , 26 de Janeiro de 2016 a las 15:00

Acidentes com carros autônomos serão menos comuns do que agora com os veículos atuais, mas quantas vidas salvarão?

Se há uma mensagem comum defendida pelos fabricantes de automóveis e empresas que estão experimentando com a condução autônoma é que a maioria dos acidentes hoje são causados por erro humano. Este tipo de aforismo tem uma reflexão automática (nunca melhor dito): haverá menos -muitos menos- acidentes com carros autônomos. Esta parecer ser a previsão geralmente acertada. Mas poucas vezes se quantifica em números.

The Atlantic realizou um exercício de extrapolação que embora não deixe de ser arriscado, poderia dar uma ideia das vidas que serão salvas com carros autônomos, sempre que prestemos atenção aos dados gerenciados a partir da mídia norte-americana O principal deles é o que estimou a consultora McKinsey & Co. Em um estudo publicado em 2015 (sobre o qual falamos aqui no ThinkBig), a empresa apontou -entre muitos outros números- que os novos veículos evitariam 90% dos acidentes que ocorrem hoje.

A consultora fez estimativas sobre os valores econômicos, observando que nos Estados Unidos poderiam, assim, economizar cerca de 200 milhões de dólares por ano. Mas não se atreveu a dar números sobre o número de vidas que salvariam. The Atlantic fez referência às 32,719 pessoas que morreram em 2013 nas estradas dos Estados Unidos.

Aplicando ao anterior número a porcentagem estimada pela McKinsey & Co o valor resultante é de 29 447 vidas salvas a cada ano. Assim, em dez anos poderiam salvar-se cerca de 300.000 vidas só nos Estados Unidos. Isso dá como resultado 1,5 milhões de pessoas em meio século (estima-se que os esforços contra o cigarro evitaram oito milhões de mortes no mesmo período).

carroautônomoseguro2

Se estas previsões se aproximam da realidade os carros autônomos poderiam tornar-se um importante progresso em matéria de saúde e segurança do século XXI. Resta comprová-lo, mas por agora podemos fazer o mesmo exercício estimativo para todo o mundo. Globalmente 1,2 milhões de mortes ocorrem por acidente, que a tecnologia autônoma poderia evitar mais de 10 milhões de vítimas a cada década, 50 milhões em meio século.

Sobra dizer que estas estimativas não foram realizadas com uma metodologia rigorosa. Enquanto que a predição de que os acidentes com carros autônomos serão muito mais raros do que aqueles que ocorrem com veículos de hoje têm que ser testada ao longo do tempo. Até agora, parece que os primeiros carros deste tipo terão seu lançamento comercial em 2020 e, a partir daí a tecnologia irá sendo adotada gradualmente.

 

Imagens: jurvetson e Richard Masoner / Cyclelicious

Texto Anterior

Uma casa com a qual você pode escolher se você passa a noite no mar ou em terra

Uma casa com a qual você pode escolher se você passa a noite no mar ou em terra
Próximo Texto

Será um robô seu próximo colega de trabalho?

Será um robô seu próximo colega de trabalho?

Recomendados