9 passos para que seu negócio seja um sucesso através do modelo Canvas

Por , 18 de Janeiro de 2016 a las 07:00
9 passos para que seu negócio seja um sucesso através do modelo Canvas conhecimento

9 passos para que seu negócio seja um sucesso através do modelo Canvas

Por , 18 de Janeiro de 2016 a las 07:00

Um dos objetivos principais ao desenvolvermos um negócio é agregar valor à nossa ideia empresarial. Desde 2008, o modelo Canvas propõe uma metodologia simples para que nosso negócio tenha sucesso

Quando um empreendedor planeja pela primeira vez numa ideia de negócio, não é fácil levar inicialmente o projeto que dá voltas em sua cabeça para uma realidade tangível, que possa ser rentável a curto ou médio prazo. Já faz anos, as diferentes escolas de negócios ensinam estratégias que possam garantir que nossa iniciativa torne-se um sucesso.

Este objetivo colide, às vezes, com a realidade. E é que os diferentes modelos de negócios existentes nem sempre representam as soluções perfeitas para nossa proposta empresarial. Existirá alguma metodologia quase perfeita, que possa superar as desvantagens das propostas anteriores? Em 2008, quando ninguém esperava uma resposta a esta pergunta, nasceu o que logo seria conhecido como modelo Canvas.

A metodologia desenvolvida por Alexander Osterwalder, está se estabelecendo como uma alternativa real para agregar valor às ideias de negócios. Este objetivo, que deveria ser o leit motiv de qualquer empresário, não é tarefa fácil. No entanto, o modelo Canvas é uma ferramenta suficientemente simples para ser aplicada em qualquer cenário: pequenas, médias e grandes empresas, independentemente da sua estratégia de negócios e público-alvo.

A simplicidade do modelo Canvas, chave para seu sucesso

Um dos pontos mais importantes da ideia de Osterwalder foi a simplificação da metodologia. Embora inicialmente a proposta foi publicada em sua tese de doutorado sobre ontologia dos modelos de negócio em 2004, quando apareceu oficialmente o livro sobre o modelo Canvas, verificou-se que era realmente fácil implementar os 9 passos de sua proposta:

  1. Segmentar os clientes para conhecer o nicho de mercado e oportunidades de nosso negócio.
  2. Definir bem a proposta de valor, em outras palavras, saber por que somos inovadores e o que nos diferencia de nossa competência e nos aproxima de potenciais clientes.
  3. Delinear os canais de comunicação, distribuição e de estratégia publicitária que seguiremos, para fortalecer nossa marca e ideia de negócio.
  4. Estabelecer a relação que manteremos com os clientes.
  5. Determinar as fontes econômicas de nossa ideia de negócio, um aspecto fundamental, se quisermos ter sucesso.
  6. Identificar os ativos e recursos-chave que necessitaremos como peças essenciais na engrenagem da ideia empresarial.
  7. Conhecer as atividades-chave que agregarão valor à nossa marca e conhecer as estratégias necessárias para capacitá-las
  8. Ter em conta os sócios-chave com os que estabelecer contatos e alianças para o negócio. Em outras palavras, definir estratégias de networking com potenciais sócios ou fornecedores, entre outras figuras importantes.
  9. Marcar estruturas de custos, para conhecer o preço que o cliente terá que pagar para adquirir o bem ou serviço que oferecerá nossa ideia de negócio.

Para identificar os passos necessários para aplicar o modelo Canvas em nosso negócio, podemos nos guiar pelo seguinte esquema, difundido pela plataforma Innovación Chile:

Será que o modelo Canvas é a metodologia definitiva para poder agregar valor às nossas ideias de negócios com êxito? Por hora, a fama que está atingindo sua proposta nos faz ter esperanças em seu bom desempenho nas ideias empresariais. E é que a simplicidade parece ser a chave de seu sucesso.

Imagens | Anchor1203 (Flickr), Innovación Chile

Texto Anterior

5 sites que farão você mais inteligente

5 sites que farão você mais inteligente
Próximo Texto

15 sites tão úteis que devem ser adicionados diretamente aos seus favoritos (Parte II)

15 sites tão úteis que devem ser adicionados diretamente aos seus favoritos (Parte II)

Recomendados