O que você tem que considerar antes de comprar uma smart TV

Por , 11 de Janeiro de 2016 a las 15:00
O que você tem que considerar antes de comprar uma smart TV
tecnologia

O que você tem que considerar antes de comprar uma smart TV

Por , 11 de Janeiro de 2016 a las 15:00

Nem sempre é fácil decidir quando comprar uma smart TV, aqui vai algumas dicas para escolher entre as diferentes opções

A primeira coisa a perguntar-se antes de comprar uma smart TV é para que queremos uma. Pode parecer óbvio, mas não é tanto, dado que hoje em dia ver televisão -entendida como os canais da emissão tradicional- é somente uma das coisas para as que se utilizam esses dispositivos. Outros usos incluem a visualização de conteúdo on-line, bem como filmes e séries, ou videogames. Depois de responder a esta pergunta, podemos entrar em detalhes.

Tipo de tela

Escolher o tamanho da tela é o primeiro passo, pelo menos ter uma idéia aproximada. Se há dúvidas sobre quanto deve medir uma televisão para um determinado cômodo, para uma sala com dimensões aceitáveis podem estar em torno de 50 polegadas, ou menos se o sofá estiver a menos de três metros. Enquanto uma TV de quarto, cerca de 32 polegadas pode ser um bom tamanho.

No que se refere ao tipo de painel, a melhor qualidade de imagem é fornecida pelo plasma. Apesar da Panasonic, o primeiro fabricante deste tipo de televisão, parar de produzir-las, a tecnologia ainda é superior ao LCD ou LED (que consiste em painéis de LCD com luzes LED por trás. No entanto, se a TV for muito usada para jogar videogames ou você vai dar um uso muito intensivo, o plasma pode apresentar problemas, deixando uma imagem congelada na tela.

Qualidade de imagem

A qualidade da imagem é complexas e as múltiplas características que aparecem associadas com a televisão, tais como contraste, ‘TrueMotion’, ‘Motionflow’, deve-se mais ao campo de marketing e a promoção do que a uma descrição técnica da tecnologia. Não depende, portanto, deste tipo de especificações.

Como indicado na Cnet, o contraste real é um dos aspectos mais determinantes para obter uma boa qualidade de imagem. Isto é medido pela capacidade de uma televisão para produzir uma sombra de negro profunda, diferenciada, enquanto a saturação de cor, que depende da função anterior, também influencia de forma considerável.

Para a resolução normalmente é suficiente com 1080p, 1080i ou inclusive 720p. Especialmente para assistir TV (é difícil encontrar uma emissão de alta definição real) para reproduzir Blu-ray tem que aderir aos 1080. A Televisão 4K atualmente tem muito pouco conteúdo a ser exibido.

smartTV2

Smart TV ou acessórios

Uma das questões a considerar ao comprar uma smart TV é se realmente preferimos ter o componente “smart” integrado. As marcas que mais prosperaram neste setor são Samsung e LG, que oferecem uma variedade de aplicativos relacionados com o dispositivo no qual estão instalados. No entanto, a maturidade deste software e do ambiente que contém é escassa comparada com a de outros terminais.

Existem inúmeras opções para converter qualquer televisor em um inteligente, através de sticks para Android, conectar um módulo Raspberry Pi ou um reprodutor multimídia. Neste caso, devemos avaliar se o custo mais elevado do produto vale a pena ou compensa adquirir um acessório separadamente. Evidentemente, se a função principal do televisor vai ser jogar videogames, não tem nenhum sentido uma Smart TV, entre outras coisas porque os consoles de última geração incorporam seu próprio sistema com uma conexão a Internet.

smartTV3

3D ou não 3D

Se dizíamos antes que um televisor 4K tem pouco conteúdo, o mesmo ocorreu durante bastante tempo com o 3D. Já existe um grande catálogo de filmes, embora a oferta em televisão e até mesmo em jogos de vídeo não acaba de decolar. Isto significa que, para tirar proveito do efeito tridimensional terá que comprar os títulos correspondentes em Blu-ray. Além disso, existem dois tipos de 3D: passivo e ativo. A primeira tecnologia é basicamente que oferecem os cinemas, enquanto o outro requer óculos especiais (mais caros) que se sincronizam com a TV, de modo a criar um efeito 3D de maior resolução.

Imagem: Samsung / Doug Kline

Texto Anterior

Na certa você já usou, mas você sabe o que é roaming?

Na certa você já usou, mas você sabe o que é roaming?
Próximo Texto

Por que não já não se usam screensavers no PC

Por que não já não se usam screensavers no PC

Recomendados