Ensinando uma criança de três anos a programar

Por , 26 de Novembro de 2015 a las 07:10
Ensinando uma criança de três anos a programar
educação

Ensinando uma criança de três anos a programar

Por , 26 de Novembro de 2015 a las 07:10

Pouco a pouco, ensinar programação para crianças está se tornando um desafio interessante para cada vez mais pais.

 

Os dispositivos digitais estão tão presentes em nossas vidas que a programação está se tornando onipresente. Aqueles que estudaram informática estão geralmente confortáveis com este advento da programação e alguns dos que não fizeram foram jogados para os braços de cursos ou tentaram aprender o básico sozinhos. E é que se trata cada vez mais de um conhecimento apreciado, por um lado, em nível profissional, mas também em um nível de conhecimento mais amador, para brincar com etiquetas NFC ou criar uma página web.

Adultos resolvem suas carências em materiais de programação da melhor maneira possível, mas há quem pense na necessidade de ensinar algumas noções às crianças. Neste ponto, temos uma corrente que solicita a introdução desse assunto no ensino primário, enquanto algumas pessoas acham que deve ser feito de modo extracurricular.

Quando esta questão é discutida, normalmente se pensa em crianças do ensino primária, a partir de seis anos. Ensinar programação a crianças abaixo desta idade gera mais controvérsia devido à exposição às telas que isto exige. No entanto, existem outras maneiras para as crianças aprenderem os rudimentos básicos da programação sem ter que passar horas na frente de uma tela.

Anteriormente já falamos aqui no ThinkBig do projeto Primo (espanhol ou inglês), um brinquedo para que crianças a partir de três anos aprendam certas bases do funcionamento da programação. Depois de passar pelo Kickstarter o projeto se tornou um startup cujo produto é chamado Cubetto. Sairá ao mercado em massa nos Estados Unidos e Reino Unido no início de 2016.

programação3anos2

Cubetto consiste em um kit de peças que são colocadas em um tabuleiro de madeira que forma uma rota. Basicamente, o tabuleiro permite dar instruções a uma caixa com rodas que se move com seu próprio motor. As peças são os comandos e a criança pode brincar colocando a seta reta e, logo após, uma curva para a direita, outra seta reta, seguida por uma curva à esquerda.

A criança aprende que, dependendo do tipo de peça que colocar, assim como da ordem em que estas estejam, assim se moverá o veículo. Trata-se de ensinar as crianças a programar com um sistema divertido e simples, evitando o uso de telas.

 

Imagens: Primo

Texto Anterior

A primeira época da educação digital

A primeira época da educação digital
Próximo Texto

Sinais de que é hora de trocar o seu velho computador

Sinais de que é hora de trocar o seu velho computador

Recomendados