Boeing registra patente de drone que pode voar “eternamente”

Por , 2 de Agosto de 2015 a las 07:31
Boeing registra patente de drone que pode voar “eternamente”
Futuro

Boeing registra patente de drone que pode voar “eternamente”

Por , 2 de Agosto de 2015 a las 07:31

Uma patente registrada pela Boeing, uma das maiores fabricantes de aviões do mundo, permitirá “recarga” de drones em pleno voo por terminais aéreos de abastecimento suspensos no ar

Tags:
BOEING, DRONE

A fabricante de aviões Boeing anunciou recentemente a aprovação de uma patente que permitirá o voo “eterno” de veículos aéreos não-tripulados (UAV), mais conhecidos como drones. A patente, aprovada há uma semana pelo US Patent and Trademark, revolucionará o futuro do setor com uma tecnologia de recarga de drones por terminais aéreos com um cabo conectado a uma fonte de alimentação de energia em terra.

Segundo a patente registrada pela Boeing em março de 2013, o sistema de alimentação elétrica para drones será integrado por um cabo de fixação retrátil, suspenso no ar, que se conectará a uma fonte de energia instalada tanto em terra quanto no mar. Há até mesmo a possibilidade de que o veículo aéreo não-tripulado possa se conectar a uma fonte de alimentação habilitada em um veículo em movimento, enquanto voa na mesma direção.

Essa tecnologia de recarga de drones no ar resolveria os problemas de autonomia dos futuros veículos não-tripulados com aplicações comerciais que estão surgindo para agilizar os serviços de entrega em domicílio. Dessa forma, os drones poderiam funcionar 24 horas por dia em uma espécie de voo permanente, parando unicamente na estação de recarga mais próxima em seu trajeto e pouco depois retomar sua tarefa automaticamente.

Do ponto de vista técnico, a novidade também oferece vantagens importantes para aeronaves não tripuladas de maior envergadura que devem permanecer no ar durante longos períodos de tempo como, por exemplo, nos casos de voos experimentais de longa duração e de vigilância marítima. Inclusive há quem diga que essa tecnologia poderá acabar com dispositivos cotidianos, como o trem de pouso.

boeing-patent-drone-recharge.si_

Mesmo que não se tenha conhecimento de um plano por parte da companhia aérea para a futura construção de aviões não-tripulados, a recente aprovação dessa patente traz expectativas para as empresas que estão trabalhando no desenvolvimento de drones com fins comerciais. De fato, após a notícia de que a NASA e a Verizon estavam desenvolvendo uma nova tecnologia para controlar drones civis e comerciais a partir da rede celular, há quem acredite que a popularização do uso de veículos não-tripulados poderá estar muito próxima.

Em consonância com a possível abertura do espaço aéreo para o uso de UAVs, sabe-se que recentemente a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) deu um passo à frente, autorizando voos de teste com drones para três importantes companhias seguradoras: AIG, USAA e State Farm.

Estas autorizações estão sujeitas ao cumprimento de determinados requisitos, como horário de voo limitado e estabelecimento de determinado espaço aéreo. Do mesmo modo, a FAA também estabelece claras restrições técnicas, como limite de 152,4 metros na altitude de voo, velocidade máxima de 161 quilômetros e peso máximo do drone (do produto sozinho, sem a embalagem e afins) inferior a 25 quilos.

Texto Anterior

Como recarregar mais rápido o seu smartphone

Como recarregar mais rápido o seu smartphone
Próximo Texto

10 plataformas para fazer cursos online gratuitos

10 plataformas para fazer cursos online gratuitos

Recomendados